Quais as dores mais comuns no início da gravidez?

Para mães de primeira viagem, uma pergunta recorrente é: quais as dores mais comuns no início da gravidez?

Fora as náuseas, vômitos e cansaço, os seios ficam mais sensíveis, mas algumas gestantes podem não sentir nada, e outras mais. E isso é super normal!

Embora alguns sintomas variem de uma mulher à outra, geralmente se manifestam entre um mês e um mês e meio de gestação, até mesmo antes.

Se você também quer saber o que poderá sentir nas primeiras semanas ou meses de gravidez, descubra aqui!

Quais as dores mais comuns no início da gravidez?

Quando se trata de quais as dores mais comuns no início da gravidez, isso é algo um tanto relativo.

Por exemplo, enquanto sentir náuseas pode não representar nada para uma mulher, porém, para outra, pode ser algo tão incômodo que ela considera uma dor.

Portanto, vamos listar aqui alguns dos principais sintomas sentidos por uma mulher no início da gravidez:

1.Dores de estômago e gases

É normal mulheres grávidas terem constipação, o que pode desencadear dores de estômago e gases.

Para evitar problemas digestivos, a dica é optar por alimentos que se digerem facilmente, como legumes, frutas e carnes magras, e fracionar as refeições.

Beber bastante água e comer lentamente também ajuda bastante.

2.Dores nos seios

Os seios ficam mais volumosos e doloridos ao tocar, pois já estão se preparando para o aleitamento.

Vários hormônios estão envolvidos, como a progesterona, estrogênio e prolactina, nessa maior sensibilidade.

Para aliviar essa sensação, usar um sutiã de amamentação ajuda muito, além de fazer massagens durante o banho.

3.Refluxos gástricos

Durante a gravidez, as mulheres geralmente têm gases e refluxos (azia), que geralmente aparecem após as refeições.

Qual a causa?

Com o aumento do volume do útero, provoca uma compressão no estômago, o que age no sistema digestivo.

Mas não é nada para se preocupar, porque a tendência é desaparecer ao longo dos meses.

4.Dores nas costas e ombros

O corpo da mulher se transforma e é normal sentir dores lombares, e se houver muito ganho de peso, essas dores podem ser sentidas durante toda a gravidez.

Recomenda-se evitar carregar pesos e procurar manter a postura correta.

Algumas mulheres também sentem dor na região dos ombros, também devido à má postura, ou pode ser sinal de algum outro problema.

Embora existam vários tipos de cirurgia de ombro, será necessário aguardar o nascimento do bebê e até alguns meses depois para avaliar se é o caso ou não de cirurgia.

5.Dores pélvicas

Por fim, quando falamos de quais as dores mais comuns no início da gravidez, várias mulheres sofrem de dores pélvicas.

São dores localizadas na área embaixo do abdômen e entre os quadris, podendo ser agudas ou parecer como cólicas menstruais.

Em geral, são temporárias e não preocupantes, e podem ser pelo fato do movimento dos ossos e ligamentos que se alongam para acomodar o bebê.

Apenas preste atenção no caso de dores persistentes, e procure o seu obstetra para avaliar, até para descartar qualquer complicação, principalmente se a dor pélvica vier acompanhada de sangramento e vômitos.

Embora não seja caracterizado como dor, as náuseas e vômitos são frequentes, em especial pela manhã, e são os sintomas mais conhecidos de gravidez.

Quais as dores mais comuns no início da gravidez: o que fazer?

Agora que você já conhece quais as dores mais comuns no início da gravidez, o que fazer?

Apesar de alguns tipos de dores serem algo perfeitamente normal durante a gravidez, o ideal sempre é consultar seu médico.

Portanto, além de deixar você mais tranquila, pode te orientar sobre o que fazer para aliviar.

Por exemplo, está comprovado que a acupuntura é bastante eficaz para aliviar náuseas e vômitos em mulheres grávidas, e até mesmo dores nas costas.

Então, o mais importante é manter uma dieta equilibrada, fazer exercícios regulares, hidratar-se e claro, fazer todo o pré-natal.

Assim, você estará mais preparada para a chegada do seu bebê e é só aproveitar esse momento mágico!

Artigo anterior: Qual a diferença entre atividade física e exercício físico?